Bruxelas mais pessimista que Governo

A economia portuguesa vai crescer 1,7%, abaixo da estimativa do Governo, mas acima do crescimento de 1,3% previsto para a zona euro que vai abrandar, segundo as previsões da Comissão Europeia.

Nas previsões de inverno, divulgadas esta quinta-feira, a Comissão Europeia baixou as suas estimativas de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) português para 1,7% este ano, face à expansão de 1,8% antecipada nas previsões de outono, divulgadas em novembro.

Bruxelas está mais pessimista para o crescimento da economia portuguesa em 2019 do que o Governo português, que continua a apontar para uma expansão de 2,2% do PIB este ano.